Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rosa Maria

Se fosse rica não limpava, não lavava, não arrumava, não cozinhava porque tinha de ser. Mas como não sou...

Rosa Maria

Se fosse rica não limpava, não lavava, não arrumava, não cozinhava porque tinha de ser. Mas como não sou...

14
Mar17

Meia desfeita de bacalhau * À minha maneira

Rosa Maria

IMG_3260.JPG

 

Ora cá está o famoso bacalhau. Se há coisa em que nós portugueses somos mesmo melhores que todos os outros é na nossa capacidade de inventar e reinventar as formas de cozinhar bacalhau.

E o que eu gosto de bacalhau.

Quase estranho nos outros a sua incapacidade de conhecer e consumir esta iguaria.

Já há algum tempo que não fazia a minha meia desfeita de bacalhau e este fim de semana foi o dia.

Ficou uma delicia e ainda deu para levar na marmita.

 

Ingredientes

2 Postas grandes de bacalhau (eu compro o bacalhau e demolho, mas podem usar já demolhado)

3 Tomates pequenos

1 Cebola média

5 Dentes de alho

2 Latas grandes de grão de bico

Vinho branco q.b.

Azeite q.b.

Salsa q.b.

Coentros q.b.

 

Preparação

1. Cozinhar o bacalhau em água e um pouco de sal (se for bacalhau crescido ou graúdo não ponho sal de todo).

2. Depois de cozinhado retirar o bacalhau e reservar a água.

3. Aguardar que arrefeça e desfiar.

4. Num tacho colocar azeite (a gosto), a cebola e os alhos picados. Deixar refogar.

5. Cortar o tomate em cubos e adicionar. Envolver e deixar cozinhar por cerca de 5 minutos em lume médio.

6. Adicionar o grão de bico (escorrer a água de conserva e passar o grão por água da torneira).

7. Juntar 2 canecas de água de cozedura do bacalhau e um pouco de vinho branco.

8. Deixar levantar fervura e deixar cozinhar 10 minutos. Apagar.

9. Picar os coentros e a salsa.

10. Adicionar os coentros e salsa picados e envolver.

 

Voilá.

Espero que gostem.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mytaste.com.pt

Copyright

Sei bem que já ninguém vai inventar o pão de ló. Farinha, ovos, leite e açucar podem sempre resultar num bolo. Mas há várias formas de fazer uma mesma coisa. As receitas que aqui coloco são a minha versão. As receitas que sejam inspiradas em livros, sites, blogs de outros autores serão devidamente identificadas. Posto o exposto, agradeço que não sejam copiados ou transcritos os textos deste blog e que em caso de utilização das receitas seja feita a devida referência ao espaço. A gerência agradece. Caso queiram entrar em contacto comig podem faze-lo para: blogdarosamaria@sapo.pt.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D